segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Viena - Áustria












2010.01.04 - Viena - Áustria
4 dias na Áustria foram mais que suficientes para entender o porquê de muitas pessoas considerarem Viena como um concentrador cultural das várias formas de arte. Teatros, Óperas e Museus recheiam a cidade, e entrar neste espírito sem dúvida fez o passeio muito especial. Viena é uma cidade muito mais sossegada do que Praga, no sentido de ser muito menos invadida por turistas, o grande lance é estar bem perto do centro da cidade, circundado pela avenida Ringstrasse, onde estão os principais monumentos e atrações.



Destaco os museus "gêmeos" de História Natural e o de História da Arte, o palácio de Hofsburg, com suas igrejas, bibliotecas, escola de equitação, museus e jardins, a famosíssima Ópera de Viena (tentei ir em uma ópera ali mas já estava quase lotada e com ingressos restantes à 150 euros, não rolou), teatro Burgtheater entre outras belas edificações nos arredores. Muito agradável passear por esta região a pé, apesar da neve e do frio deste inverno.

Se come muito bem em Viena mas os preços são bem mais elevados quando comparamos com Praga, por exemplo. Ao final ainda deu tempo de conhecer o museu de Sigmund Freud, onde o pai da psicanálise viveu grande parte de sua vida e atendia seus pacientes. Viena foi a cidade onde peguei mais frio desde que cheguei na Europa, nevou muito e as ruas ficaram todas branquinhas com camadas de mais de um palmo de neve, foi divertido no princípio, como para mim foi uma experiência nova eu estava curtindo, mas os locais não estavam assim tão animados, pois tinham que se viram para tirar neve dos carros e ruas. Foi interessante ver isso.
Música Sugerida: Listen to the Music (Doobie Brothers)

Nenhum comentário:

Postar um comentário