quinta-feira, 13 de novembro de 2008

San Pedro de Atacama - Chile












2008.11.13 - Atacama - Chile

Um lugar impressionante, de uma diversidade de ambientes incrível, não é a toa que a região de Atacama receb milhares de turistas todos os anos. Que outros lugar no mundo pode oferecer uma visão ímpar desértica, lagos altiplânicos, gêisers e águas termais ao ar livre, montanhas rochosas, um céu absolutamente limpo e sempre estrelado à noite, regiões cobertas por um "mar" de sal entre outras maravilhas. Somente a região de Atacama.


E foi isso que pude viver ali, visitar os famosos e impressionantes Vale de la Luna, região desértica que possue um relevo muito semilar ao do satélite terrestre e fonte de pesquisa para a NASA e o Vale de la Muerte, onde simplesmente não se consegue encontrar um ser vivo sequer, cheio de dunas e montanhas rochosas, realmente surpreendente a força destas paisagens, especialmente se tiver a oportunidade de vislumbrar o pôr do sol e curtir todo o colorido que o céu assume, lindo. Mas quem imagina que o Atacama vive somente de desertos se engana muito, primeiramente o assustador Salar de Atacama, um lugar absolutamente cercado por um "mar de sal" que parece não ter fim, o lugar é fruto dos mar salgado que esteve ali a muito e muitos anos e que ficou confinado devido a terremotos pela cadeia de montanhas que há, com isso a água foi secando ao longo dos tempos e ficou somente quilômetros quadrados de sal, hoje existem alguns lençóis de água que garantem vida no local e são atraentes e propícios para os muito flamingos que existem lá, muito bonito este conjunto de imagens.
Não menos impressionante e muito recomendável é a visita aos Gêisers de Tatio, principalmente indo muito cedo, pela manhã as temperaturas que pegamos beirava os -10 graus celsius e os gêiser disparavam jatos de água com temparaturas de até 80 graus celsius, incrível este efeito, cheio de vapores d'água e verdadeiras "piscinas" térmicas para os corajosos entrarem. Admito que não fui um destes, pois estava muito travado com o frio que fazia no local, impressinante o choque de fenômenos da natureza que se apresentam ali.


Para completar a viagem conhecemos os famosos lagos altiplânicos, lagos paradisíacos formados pelos degelos das montanhas e à uma altitude de aproximadamente 4.300 metros, tudo isso no meio da região desértica do Atacama, é de tirar o fôlego, além de ser uma viagem muito agradável cortando os vilarejos e povoados da região, lindos animais e vida vegetal pelo caminho. Como "cereja do bolo", a hospedagem foi na cidade de São Pedro de Atacama, uma delícia de cidade, super pequena e 100% voltada ao turismo, onde tive o privilégio de ver o céu mais estrelado de minha vida, afinal o céu está sempre limpo e somente chove por ali uns 3 dias no ano.
Uma viagem memorável, recomendo a todos (principalmente aos sulamericanos que estão pertinho).

(Música Sugerida: Como La Lluvia - La Noche)
(Comida Sugerida: Carne de llama, milho)
(Bebida Sugerida: Cerveja local)

Nenhum comentário:

Postar um comentário