domingo, 31 de dezembro de 2006

Barcelona - Espanha












2006.12.31 - Barcelona - Espanha
Na primeira vez que estive na Espanha, após conhecer Madri e depois ir a Barcelona, fiquei com a nítida impressão que tinha muito mais a cara da segunda cidade do que da primeira, os catalães me pareceram mais abertos, falantes, acolhedores, mais "latinos" que os madrilenhos. Hoje, após conhecer melhor os jeitos e trejeitos deles, acho que prefiro o jeito madrileño (isso até eu também morar um dia em Barcelona e mudar completamente de opinião...hehehe).

Barcelona é linda, cheia de vida, uma vida pulsante tanto na cidade quanto na praia, seu centro é recheado pelo estilo gótico e muito charmoso e bonito, você vai caminhando em ruas super estreitas e de repente, pronto, uma construção gótica... demais! Começando, ficamos em um albergue no coração do bairro gótico, muito legal ali, é um dos albergues mais diferentes em que já fiquei, não tinha camas, somente colchões estirados em cubículos de madeira, mais ou menos 8 pessoas por quarto, mixto. Tinha muita gente legal e bem mergulhada no estilo animado de Barcelona, assim, fomos conferir a cidade neste espírito.

Como estávamos em pleno bairro gótico, começamos por ali, vimos a belíssima catedral de Barcelona, que infelizmente estava sob reforma, escondida um pouco atrás das estrutura de restauração e conservação, mas deu pra sentir sua imponência no coração da cidade. Caminhamos diretamente para a famosa Las Ramblas, uma comprida rua cheia de coisas para fazer, para comprar, restaurantes para comer (mandamos ver uma bela paella com uma sangria para acompanhar) e gente bonita para se ver, de todos os lugares do mundo, bem legal. A cidade estava numa atmosfera muito positiva pois era anti-véspera de ano novo, então as pessoas estavam super animadas (bem típico dos espanhóis e catalães, representar o mesmo ou não é uma grande e histórica discussão) em ficar vagando pela rua.

Pegamos o metrô e fomos diretamente ver a incrível igreja projetada por Gaudí, a Sagrada Família, como muitas e muitas outras obras pela cidade, o cara era realmente diferente, suas construções e ideias tem uma característica evidente e inconfundível além de, na minha opinião, serem muito elegantes e originais. Assim, chegamos à Sagrada Família, um espetáculo difícil de expressar por palavras, deixo algumas fotos confirmarem isso por mim. O fato é que Gaudí devia ter alguns parafusos a menos para fazer coisas tão "modernas" até mesmo em estruturas sacras. A Sagrada Família ainda está inacabada, e provavelmente demorará algumas boas dezenas de anos para ficar completa segundo o projeto original de Gaudí que, infelizmente, não o verá completamente realizado já que faleceu em 1926 aos 74 anos. Outras obras bem visitadas dele pela cidade são La Pedrera e algumas espalhadas pelo Parque Güell (no parque não conseguimos ir), vale a pena conferir.


Da igreja fomos conhecer as colinas de Montjuïc, existem maravilhosas atrações para se ver por ali, onde está o estádio olímpico símbolo das Olimpíadas de 1992, um castelo charmoso com uma vista panorâmica do cais impressionante (e com super ventos) e o Palau Nacional. Visitamos tudo isso caminhando (muitos quilômetros de verdade e passamos muito frio no topo da colina, foi difícil) e uma coisa bem legal aconteceu, quando estávamos partindo vindo do Palau Nacional em direção ao metrô, ao pararmos um pouco para descansar, iniciou-se um show de águas dançantes em frente ao Palau, em seguida raios de luzes partiram pelo céu e começou a rolar uma série de músicas animadíssimas, foi animal e era a comemoração antecipada do ano novo que estava por chegar, eu e o Pistelli ficamos ali babando e curtindo muito, foi inesquecível. 
No dia seguinte, conhecemos mais o centro da cidade, fiz algumas compras e fomos visitar, óbviamente, o épico estádio do Barça, o Camp Nou, na arquibancada a célebre frase "Més que un Club" (mais que um clube), e eles tem muita razão. O estádio é incrível, um dos maiores da Europa, e tem um museu espetacular com registros da trajetória do Barça desde sua fundação em 1899... demais!! Como amantes do futebol, ficamos ali viajando e depois apertamos o passo para nos prepararmos para o ano novo, ia ser mesmo uma maratona pois caminhamos o dia todo, estávamos exaustos, mas tínhamos que arrumar energia para ficar prontos rapidamente e comemorar a virada nas ruas com os catalães, e assim foi, nada parecido com a farra que existe no Brasil (eu contei 5 bombas que estouraram no céu, ficou bem atrás da barulheira do meu bairro em SP), foi calmo demais para o meu gosto, mas estava divertido, e seguro.

Curtimos muito o clima da cidade e aproveitamos até o fim, mesmo sabendo que no dia seguinte tinha que levantar super cedo, dia 01, trem rumo a Paris. Encantadora Barcelona, quero voltar um dia, mas no verão!!!

Um comentário:

  1. Tudo e muito lindo! Deixa agente em êxtase ! Pena nao poder ficar um mês para degustar tudo o que há de bom nessa cidade gótica!

    ResponderExcluir