domingo, 14 de janeiro de 2007

Roma - Itália












2007.01.14 - Roma - Itália
Ahh, Roma!! Senti-me minúsculo caminhando pelas ruas de uma das cidades mais importantes da história da humanidade, berço de uma civilização, capital de um império, centro da religião mais influente de todos os tempos, da arte, do direito, da cultura, expansionista, conquistadora, temida... é muita coisa. Caminhando pelas ruas você acaba experimentando um pouco de cada uma destas histórias, além de serem lugares lindos, fica difícil listar todos aqui, mas vou tentar. Primeiro que, apesar de não estar "largado", fiquei realmente um pouco sem graça ao ver o quanto a "média" das pessoas nas ruas está elegante e bem vestida, a aparência e a moda contam bastante por ali e, no final, todos parecem bonitos. Pelas ruas estão boa parte das atrações, comecei indo conferir a famosa Fontana de Trevi onde, acreditem, não joguei uma moeda para fazer um pedido!! Putz, que furo, terei de voltar para fazer direito...rs.

O fato é que o pessoal gosta de ficar por ali tomando sorvete e papeando, vale como um ponto de encontro (que beleza heim...) Ali perto está a Scalinata di Spagna, que dizem que na primavera fica linda quando enfeitada de flores pelas escadas, culminando com uma bela fonte na parte inferior, o que achei bastante ali foram ambulantes vendendo todos os tipos de lembrancinhas possíveis (acho que nas outras estações do ano eles substituem as flores). Perto dali está o Pantheom, que impressiona por sua conservação durante séculos, está intacto e mantém sua estrutura e ambiente interno iluminado somente pela única entrada de luz natural, o oríficio em seu teto (dica: tocar suas paredes te fazem se sentir muito mais jovem...rs). Caminhando mais desta vez se alcança mais o centro onde estão concentradas algumas das principais atrações de Roma (sob a ótica da popularidade mundial), são o Fórum Romano, o que ainda sobrou das estruturas da antiga Roma mas com algumas delas incrivelmente bem preservadas (como os arcos), e o Coliseo.

O colossal Coliseo resitiu bem ao tempo no sentido de ainda estar de pé, de fato seu interior já não está tão inteiro assim, mas continua fascinado, só de imaginar tudo o que lemos nos livros rolando por ali já dá um arrepio e fica impossível não voltar no tempo, muito marcante. Andei como um maluco pelas ruas de Roma, e me dei o direito de ficar perdido pelos bairros, cruzando as pontes, indo para lá e para cá, parando para disfrutar a farta comida italiana, sentir minhas raízes italianas mais de perto. Recomendo passaer e comer pelas boêmias ruas do bairro de Trastevere, muito bom de verdade (em dias de jogos da Lazio ou Roma os bares e restaurante ficam cheios e a rivalidade fala muito alto... vale inclusive cuidado devido ao fanatismo, nós brasileiros tiramos isso de letra!).

Aliás, os brasileiros são muito bem recebidos na Itália, temos laços bastantes fortes com os italianos, sendo é claro detentores de uma das maiores colônias de italianos fora da Itália. Visitar Roma é uma experiência única, fica-se muito à vontade lá e, lembre-se, se estiverem gritando com você, não é porque não gostaram da sua cara, eles são assim mesmo, expansivos e passionais até o limite!! Conhecem alguém assim perto de vocês?

Nenhum comentário:

Postar um comentário